Anita Gomes logo

Arte com foto da Tiemi Yamashita sorrindo.

O que aprendi participando de um Círculo de Sexualidade

Por Tiemi Yamashita

Eu sempre gostei de aprender. E, para isso acontecer, precisamos estudar. Existem diversas formas de fazer isso: fazer um curso online, ler um livro, entrar em uma escola. Ou você pode escolher participar de um Círculo de Mulheres com um tema específico que, no meu caso, foi Sexualidade.
Era começo de 2018 quando recebi o convite de Anita Gomes para fazer parte de um Círculo de Mulheres que investigaria a nossa Sexualidade. Eu já estava querendo estudar sobre o tema e apareceu no tempo exato.
Primeiro, participei de um encontro free para saber a proposta, conhecer as outras pretendentes e, naquele dia, decidi que entraria naquela jornada, com encontros mensais e um grupo de WhatsApp para nos apoiar.
Durante um ano, tive a oportunidade de conhecer mulheres incríveis com idades entre 20 e 60 anos, com perfis diferentes (solteira, casada, grávida, divorciada, mães, mulheres sem filhos). Uma diversidade linda que me permitiu navegar por histórias e aprendizados que valeram muito.
Nossos encontros eram deliciosos! Tínhamos a liberdade de falar sobre a nossa sexualidade. Descobri que o prazer pode ser maior, melhor e mais simples do que pensava.
Aprendi a me perceber, a me ouvir, a me sentir e a me tocar….
Aprendi a me livrar da “culpa”. Nossa! Quantas crenças foram quebradas nesses encontros!
Estar num círculo de mulheres foi muito intenso. Foi um espaço seguro em que podia falar, ouvir, rir e, muitas vezes, chorar. E saber que nada sairia daquele espaço.
Mas também tive bloqueios. Faltei dois encontros e pensei em desistir, mas o grupo se manteve firme e me apoiou. Deu tudo certo.
Já tinha ouvido sobre SORORIDADE, mas só quando participei desse círculo é que pude viver isso de verdade.
Eu sou uma caçadora de desperdícios e percebi que a falta de conhecimento sobre a minha sexualidade era responsável por um desperdício enorme na minha vida. Esse é o maior aprendizado do ano passado.
Neste ano, Anita Gomes fará uma nova turma. Nós a encorajamos para que outras mulheres também possam ter a oportunidade que tivemos.
Para mais informações, acesse o conteúdo oficial de divulgação do Círculo de Sexualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *