Anita Gomes logo

Oficina propõe empoderamento no cuidado energético

Empoderar-se energeticamente. Com ferramentas simples, você pode cuidar do seu próprio campo energético e se sentir melhor rapidamente, sem precisar de outra pessoa para isso. Sim, isso é possível. Foi consciente desse trabalho de empoderamento que a terapeuta Anita Gomes criou a Oficina de Consciência Energética. Para participar, não precisa ter nenhum tipo de conhecimento prévio.

“A oficina surgiu da vontade de compartilhar com as pessoas conhecimentos e práticas sobre nosso campo sutil e como elas podem aprender ferramentas bem simples para cuidar, com autonomia, do seu sistema energético sutil”, explica.

Mas como saber se estamos empoderados? Anita considera que a “pessoa empoderada entende como seu sistema sutil funciona e que sabe, minimamente, se equilibrar, se ‘limpar’, se cuidar sozinha.

Segundo a terapeuta, para que esse processo realmente vire um hábito, é preciso praticar. “Escolha uma das ferramentas para seguir. Para tornar um hábito, sentir o efeito e se apropriar da prática, não dá para mensurar um tempo específico pra dizer: estou pronto. Você vai sentir quando isso acontecer. Esse empoderamento vai depender da sua experiência de vida, do quanto o conteúdo é novo ou já é familiar pra você, de quanto se dedica a praticar os exercícios dados na oficina”, diz.

Leia também: 
Participe da 8ª Oficina de Consciência Energética no dia 30 de agosto de 2017

Sentindo na pele

Guta Bodick, educadora, participou da primeira oficina. “Quis exercitar mais a minha conexão e a oficina veio ao encontro com essa vontade! O curso me possibilitou obter novas informações e ampliar o meu conhecimento sobre o assunto”, conta.

Guta destaca a importância de conhecer os exercícios práticos e as técnicas para aplicar no seu dia a dia. “Estou num momento muito corrido da minha vida, mas procuro exercitar antes de sair de casa e quando volto. Faz toda a diferença! O que me tocou muito na oficina foi sentir a energia em pontos do meu corpo que nem imaginava sentir. E que é algo muito potente, quando direcionamos uma intenção para isso! ”, detalha.

Para Cristiane Gaia, participante da segunda turma da Oficina de Consciência Energética, o que mais a tocou nessa vivência foi sentir o amor, a gratidão e a sutileza das coisas quando todos estão reunidos em um mesmo propósito. “Para mim foi revelador, transformador. Descobri que temos o poder de nos cuidar de maneira simples. Basta apenas estarmos disponíveis para o Universo para que ele faça o resto.”,

Lucas Cristiano Lopes, participante da sexta turma da Oficina de Consciência Energética, conta que seu interesse pelo tema surgiu há pouco tempo. “Estou em busca de novas fontes de conhecimento. O curso me ensinou muito. Com certeza vou utilizar as ferramentas no meu dia a dia”, diz Lucas.

Feedbacks

Anita destaca que tem recebido muitos feedbacks inspiradores como esses. “As pessoas saem muito empoderadas e com vontade de praticar. Muitas me escrevem tirando dúvidas das práticas. Isso é inspirador pra mim, me faz ter certeza de que é um serviço necessário ao mundo e me dá ainda mais vontade de continuar servindo. Conhecer a si mesmo é fundamental para poder se cuidar.”

O principal benefício da oficina é a autonomia para empreender sua própria manutenção e limpeza energética. “A consequência das práticas é o equilíbrio do sistema sutil, emocional e físico. Somos um ser integral e quando cuidamos de uma parte, estamos cuidando do todo. A consequência da prática constante é ganhar cada vez mais autonomia e consciência de como está seu sistema energético.”

PRÓXIMA OFICINA CONSCIÊNCIA ENERGÉTICA

Data: 22 de março de 2017 – quarta

Horário: 19h às 22h30

Local: Rua Eça de Queiroz, 688 – Paraíso – São Paulo (próximo ao metrô Paraíso).

Valor: 

R$ 100,00 – depósitos até 17 de março

R$ 120,00 –  após essa data

Informações e inscrições: anita@anitagomes.com.br | 11-99105-4015

É necessária inscrição prévia: http://bit.ly/oficinaconscienciaenergetica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *