Anita Gomes logo

Um pouco mais sobre Constelações Familiares

Texto por Mirian Guedes*

Bert Hellinger confundiu a minha cabeça e tocou a minha alma. Fez com que eu me sentisse insegura, indignada e curiosa. Muitas de suas ideias pareceram, à primeira vista, terrivelmente familiares pra mim.

  • “A maternidade é uma tarefa grandiosa” – oh, meu Deus!
  • “Honrar pai e mãe” – que coisa mais católica!
  • “Não se oponha aos seus pais, aceite-os como eles são” – mas eles me fizeram coisas terríveis!
  • “A mulher deve seguir o homem!” E justo você considera isso bom?

Esse é o início do prefácio de página e meia – que me provocou muito ao ler – da jornalista Gabriele ten Hövel, num trabalho de observação e perguntas de três dias em que Bert, num auditório com 400 pessoas, trabalhava com doentes (prefácio do “Livro Constelações Familiares – O Reconhecimento das Ordens do Amor”- BH – Editora Cultrix).

Afinal, eu tinha os mesmos questionamentos e sensações, mesmo já tendo vivenciado várias dinâmicas de Constelações e tomado minha decisão pela Formação. E por que tomei essa decisão? Porque o que parecia, inicialmente, uma dinâmica de psicodrama, me fez perceber transformações profundas em mim mesma e nos tantos outros presentes naquelas ocasiões, apenas estando presentes, observando, nos sentindo como partes daqueles dramas, identificando-os em nós e nossas próprias famílias, e chorando tantas vezes, sem entender racionalmente em que lugares aquilo nos colocava.

E mais questionamentos: “Como esse homem enxerga tão bem e espacialmente essas questões?” “Como consegue propor a cura por meio de ações ‘tão simples e aprendidas por todos nós’, mas não exercitadas por nossa racionalidade?”

Como? TORNANDO CLARAS AS DINÂMICAS QUE ESTÃO OCULTAS NAS RELAÇÕES e RESTABELECENDO O LIVRE FLUXO DO AMOR onde ele parou de fluir!

Se você quer saber mais, se interessa, já teve recomendações e, principalmente se acha merecedor(a) de VIVER COM MAIS LEVEZA e aproveitar melhor a sua vida, venha trilhar conosco essa “jornada de cura” e entender você mesmo(a) a partir do “sentir o sentido das ORDENS naturais do AMOR”.

Se quiser saber mais, entre em contato e confirme sua presença para CONSTELAR ou apenas ESTAR nesse “campo de cura”. Nesta semana, dia 18/11 (sábado), vou fazer um encontro no Espaço Crisálida.

Valores envolvidos

R$ 400 para Constelar, e Contribuição Espontânea/Solidária/Corresponsável para participar!

Entre em contato com:
Mirian Guedes: mirianguedes21@gmail.com

*Sobre a Consteladora
Mirian Guedes é Biomédica e Consultora para a gestão estratégica da saúde nos indivíduos e organizações, através das Constelações Sistêmicas, Coaching, Biopsicologia e Yoga, além de outras metodologias de harmonização do Ser.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *